CApitulo Final

Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capí­tulos.

Muito

O ano de 2017 chegou e junto trouxe novos sonhos, novas expectativas e também novos rumos em minha vida. Muitas mudancas em minha vida aconteceram de 2013 até aqui, mudancas nao apenas físicas mais também emocionais.  Tive que adaptar minha vida a minha nova realidade e dentro de tudo isto tentar me reencontrar.

E assim como nossa vida, em um blog existem muitos sentimentos envolvidos principalmente quando fazemos um blog tipo “diário”, o que no final se tornou o meu. Eu ja tive vários blogs, mas este cantinho aqui é muito especial para mim, neste período que aqui escrevi, aconteceram mudancas radicais em minha vida. Perdas insubstituíveis, muitas lágrimas e até alguns pedidos de socorro em alguns de meus Posts. Mas também muitas alegrias e sorissos.

Atrávés do Blog eu conheci virtualmente pessoas maravilhosas, algumas por um curto período, outras apenas por uma ligacao telefonica, outras por trocas de correspondencias e algumas pessoalmente.  Algumas delas se tornaram amizades reais, ganhei até uma afilhada nova (tao linda que a cada sorisso e abraco que recebo dela me mostra que nem tudo foi em vao) através do Blog, e isto nao tem preco, só amor!

Eu sempre afirmei que sou péssima para amizades, sim, eu sou uma pessoa muito dificil e muito complexa em meus sentimentos, as vezes alguns desentendimentos bobos, alguma falta de atencao por ambos os lados tendemos a levar certas coisas pelo lado pessoal.  Mas ninguém é culpado de nada, até porque nem todos que passam por nossas vidas tem necessáriamente que ficar, as vezes elas passam por nossas vidas rapidamente, mas com uma missao especial e se vao. A verdade é que ninguém entra e sai de nossas vidas, sem nao nos acrescentar nada, e voces tenham toda certeza que me acrescentaram muito.

E em contrapartida, atualmente eu nao tenho nada a acrescentar a voces e por isso é importante ter cabeça fria e saber reconhecer que é hora dar fim ao blog, especialmente quando queremos e precisamos dar outros passos. Nem sempre fazemos as coisas da forma como gostaríamos e entao é preciso reconhecer quando está na hora de mudar de vez.

Com isto, eu estou a encerrar as atividades do blog,  mas isto nao é novidade nenhuma, voces já perceberam que não estou conseguindo atualizar o blog. Diversos fatores tem me criado dificuldade para escrever aqui.  Definitivamente não foi por falta de conteúdo, e sim a necessidade de ficar de frente comigo mesma. Eu finalmente consegui me encontrar, e de uma forma tão plena e verdadeira comigo mesma e também com as pessoas que estao a minha volta. Lógico que foi um processo doloroso, solitário e de muito confrontado interno e externo, mais que me fizeram amadurecer (aquilo que faltava para a minha idade, como Mae sempre fala).

Aprofundei na minha relação com Deus, vivi experiências espirituais incompreensíveis a sabedoria humana. Sigo Feliz comigo mesma, com um coração tranquilo e sereno.  Trabalhando permanentemente e diáriamente para sempre estar vivendo momento presente, sem estar prender ao passado ou ansiosa demais com o futuro. Sempre orando,  buscando a Deus e zelando para manter meu coração longe de toda mágoa, ressentimento e ódio (sentimento este que sempre procurei nao sentir por nada e nem ninguém).

Quero agradecer à todos que sempre me honraram com sua participação aqui no Blog. Desejo deixar minha eterna gratidão pois cada vez que voces entraram aqui, senti uma grande alegria que preenchia meu coracao de alegria. Talvez um dia retorne, mas por enquanto estou mesmo fechando as portas e terminando o capí­tulo. 

A Felicidade precisa apenas de uma dose de alegria por viver simplesmente e em paz para que se manifeste. Sejamos felizes simplesmente existindo, sem esperar que estrelas caiam, novos tempos ocorram, mundos sejam destruídos. Vamos simplesmente viver, sem ilusões. (infelizmente desconheco o autor, foi retirado de leitura budista e anotado em um pedacinho de papel e guardado dentro de um livro)

O meu Adeus se dará através das palavras de Neruda (amor eterno):

Já não se encantarão os meus olhos nos teus olhos,
já não se adoçará junto a ti a minha dor.
Mas para onde vá levarei o teu olhar
e para onde caminhes levarás a minha dor.
Fui teu, foste minha. O que mais? Juntos fizemos
uma curva na rota por onde o amor passou.
Fui teu, foste minha. Tu serás daquele que te ame,
daquele que corte na tua chácara o que semeei eu.
Vou-me embora. Estou triste: mas sempre estou triste.
Venho dos teus braços. Não sei para onde vou.
…Do teu coração me diz adeus uma criança.
E eu lhe digo adeus.
Pablo Neruda

Janeiro em Fatos

321769

A quantos nao venho pelas bandas de cá nao é mesmo, e antes de qualquer coisa, quero desejar Feliz 2016 a todos nós, com muita saúde, porque com saúde o resto nós batalharemos para conseguir nao é verdade?

Sinceramente, eu precisei deste tempo para repensar algumas prioridades e também reaver planos que estavam esquecidos no fundo da última gaveta da comoda. E para desenhar melhor o que vem me acontecendo achei interessante listar em fatos.

Os Fatos Bons

  • Consegui andar de bicicleta ainda estou em “fase experimental”, mais depois de quase 3 anos sem conseguir andar direito, já é uma vitória e tanto;
  • Retornei a Fisioterapia e fui liberada para a hidroterapia e para o Pilates;
  • Resolvi voltar a estudar italiano porque é uma vergonha uma filha de Italiano que já nao sabe mais falar italiano né;

Os fatos mais ou menos

  • Preciso emagrecer urgentemente, nao que nao me ache “gostoxa” como estou risos, mais é que o joelho ta sentindo o tranco;
  • E justamenete por falar em emagrecer é que a fome tem aumentado cada dia mais, ansiedade me dá fome;
  • Ainda nao é desta vez que eu consigo me mudar, os planos terao que ser adiados por alguns longos meses;

Os Fatos Scheiße do Mes

  • A Pessoa aqui vai a médica por conta de uma dor no seio esquerdo e descobre um nódulo no seio direito e como aprendi que em se tratando de saúde devemos sempre pecar pela prevenção, já estou buscando uma terceira opiniao. (o tema retorna no blog…)
  • David Bowie nao está mais entre nós, e eu fiquei “viúva”, nunca escondi para ninguém que ele foi meu grande amor platonico risos. Eu posso dizer que tive a felicidade de assistir um show dele em 1997 quando realizou a turnê Earthling. Este foi meu presente de aniversários do meus Pais, eu e Mae nos divertirmos muiiiitcho.
  • A minha máquina de lavar loucas e meu forno resolveram nao funcionar mais.
  • Eu nao sei fazer novas amizades, eu sou muito tosca. Aliás eu sou que nem repelente, afasto as pessoas de mim. Mas nao vou bancar a vitima que nao sou, com amigos ou sem amigos a vida segue, um pouco triste mais segue. Aí para melhorar voce tem que ouvir de uma Pessoa (a loka) que eu nao faco amizades porque nao uso roupa de marca…..

….. Depois desta please pare o Mundo que eu quero descer.

Um despedida temporária

Quando-Chega-a-Despedida

Estou passando para deixar um recado para vocês meus /minhas colegas da blogosfera. Vou me manter temporariamente afastada deste blog, sinceramente ele não tem feito muito sentido em minha vida mais. Pensei muito antes de escrever este post, aliás ele mudou centenas de vezes, mas eu sou uma pessoa sem muito tato com as pessoas, eu não sei ser delicada sabe, e acho que isto faz as pessoas se afastarem de mim, mas ao mesmo tempo gosto de ser assim, afinal quem realmente gostar de mim, gostará como eu sou e não pelo que mostro ser.  Escrever aqui no blog me ajudou muito em um período muito difícil que passei , foram tantos carinhos em formas de comentários, cartas, e.mails um inbox, que eu não teria palavras para agradecer.

Mas ao mesmo tempo também gostaria de manifestar duas  situações que me machucam bastante, uma são alguns comentários antissemitas que lógico não aprovei no blog, mas que não foram poucos, dois me marcaram muito que falavam assim:  – “sefosse hoje uma pessoa como você estaria morta, junto com sua mãe, seu pai, e nenhum de seus antepassados teriam escapado da morte no gás” // – “Tomara que morra na Alemanha sua judiazinha nojenta” .

E outra situação que machucou mais que estes comentários infelizes de pessoas que não tem a menor noção do que estão a falar,  é a questão do desprezo que percebi de algumas pessoas que conheci aqui pelo blog, lógico que não de todos vocês, mas de algumas pessoas em que este “conhecer” ultrapassou as telas, eu sinceramente acho que o desprezo é o pior sentimento do mundo sabe, ser ignorada por uma pessoa que mesmo virtualmente criamos afeto, dói. Eu prefiro ser cortada do grupo de amizade a ser desprezada e ignorada. Nao sei se você sabe como é isto, mas é tipo você ligar e a pessoa nunca te atender, você enviar uma mensagem e a pessoa te responder um: oi linda, um beijo to com saudades, depois conversamos agora to ocupada.

Lógico que todos temos nossas ocupações, mas 24 horas 365 dias no ano? Mas eu sempre me apego, sempre me entrego, sempre vou até o fim, até ouvir, mesmo com outras palavras aquele…”Eu nunca te amei”.  Mas não tem problema não, mesmo que não seja querida por muitos/muitas, eu sempre estarei aqui de braços abertos para ajudar sempre que for preciso.

Muitas vezes descobre-se que aquilo que se despreza vale mais / do que aquilo que se exalta.  –  Fedro

Bem, de qualquer forma, não estarei desativando o blog para sempre, até porque eu tenho uma outra proposta para o blog e estarei implementando aos poucos, e também tenho o meu blog sobre uma vida mais saudável, ao qual quero me dedicar mais. Afinal o meu tempo de “moleza” acabou, mesmo com algumas dificuldades (minímas) motoras, está chegando a hora de retornar ao batente.

Entonces é isto pessoas, estou  indo para o pilates,  indo abraçar meus amigos que valorizam estar ao meu lado, fazer minhas receitas mirabolantes. Tô indo lá, ser feliz. Sem teu afeto, mas você tem o meu. Prometo. Se cuidem, por mim. Comam direitinho, tomem bastante água, amem bastante, beijem e  abracem muito, vivam. Nunca se importem com o que os outros digam sobre você, só mesmo quem você vê refletido no espelho e Deus podem te julgar. Sorriam. Gargalhem MUITO de tudo. De mim, dos outros, do que pensam, do que dizem, de você mesmo, dos problemas e até das dores.  O sorriso alimenta e a alma.

Lembre-se, tudo é passageiro. Nada é pra sempre. Tudo acaba. Tudo. Até a nossa própria vida. E sabe, nada nessa vida, tem de te fazer se importar, mudar, ou ficar triste (tenho que aprender isto). Sejam egoístas, liguem só pra vocês. Só assim, infelizmente serão felizes.

E ainda bem que existe Facebook, Orkut, Skype, MSN, Whatsapp e outras formas de comunicação (adoro os tempos modernos!) para manter o nível de saudade sob controle.

Se cuidem…

Desafio Musical | Semana 29

Esta música tem um significado muito especial em minha vida, foi um momento em que talvez por imaturidade ou falta de experiência e até mesmo falta de uma dose de malícia na vida, eu vi meus sonhos da juventude serem interrompidos.

Mas a vida é assim, uma caixinha de surpresas uns dias são ensolarados e de noites estreladas, e outros cinza com noites iluminada pelos raios e barulhenta com os trovões, não é mesmo?

Ah, nao se preocupe por nao deixar comentários, eu fico feliz só de saber que voce dedicou uns minutinhos do teu tempo para ler meu post de hoje.

…Non è la verità che più la dice e più la dice mai.
È l’illusione mia che è vera….

Semana 29 – Amedeo MinghiCantare E D’amore

 

Bis bald!